terça-feira, 17 de março de 2009

Floriano Cambará

Dizem que o último post tá muito depressivo,
mas não tenho novos escritos pra atualizar,

tenho impressão de que eu deveria me preocupar com a minha preguiça.
(3 minutos depois)
na realidade, acho que o mais estratégico seria parar de me preocupar.
Não sei qual é o mais difícil...

Vai uma citação então - pra não ficar tão inútil - para o personagem masculino com quem mais me identifico, pelo seu encanto de ter a alma feminina.

(Procurando...)

Eis o Tio Bicho:
" - Presta bem atenção. Suponhamos que a vida é um touro que todos temos de enfrentar. Como procederias, por exemplo, o teu avô Licurgo Cambará, homem prático e despido de fantasia? Montaria a cavalo e, com auxílio de um peão, simplesmente trataria de laçar o animal. Agora, qual é a atitude de seu neto Floriano Cambará? Tu saltas para a frente do touro com uma capa vermelha e começas a provocá-lo. De vez em quando fincas no lombo do bicho umas farpas coloridas... Mas quando o touro investe, tu te atemorizas, foges, trepas na cerca e de lá continuas a manejar a capa, para dar aos outros e a ti mesmo a impressão de ainda estar na luta... É uma atitude esquizofrênica, com grande conteúdo de fantasia. Certo? Bom [...] o que dá a um romance a sua grandeza não é nem o seu conteúdo de verdade cotidiana nem o seu tempero de fantasia, mas o momento supremo em que o autor agarra o touro pelas aspas e derruba o bicho. Se queres um exemplo de romancista que primeiro faz verônicas audaciosas e depois agarra o animal a unha, eu te citarei Dostoiévski. E se me vieres com a alegação de que o homem era um psicopata, eu te darei então Tolstoi. E se ainda achares que o velho também não era lá muito bom da bola, te direi que um homem realmente são de espírito não tem necessidade de escrever romances [...] O que te falta como romancista, e também como homem, é agarrar o touro a unha..."
Floriano Cambará.

2 comentários:

Antonella disse...

Também AMO o Floriano!
:)
Acho que o problema de todos os homens é agarrar o touro a unha...
hehehe

Bruna. disse...

hahahahahahahahahahahahahahahhahahahahahahahahahahahaha

sério, gargalhei aqui.